Buscar
  • Ipê Amarelo Ateliê

O medo: ampliações sobre sua compreensão


O medo é um dos nossos instintos básicos e essenciais para sobrevivência. Seu propósito é, fundamentalmente, nos tirar de situações de risco e perigo.


A delicadeza e desfuncionalidade dessa experiência acontece quando somos acometidos por um medo muito maior e desproporcional à situação, que pode nos deixar paralisados ou quando ele não se apresenta diante de situações arriscadas, pois pode comprometer nossa necessidade de cuidado e alerta.


Para além desse equilíbrio, a forma como nos relacionamos com o medo pode contribuir com o nosso desenvolvimento psicológico, a medida que enfrentamos e elaboramos essas situações, passamos a conhecer melhor nossas limitações e capacidades/potências, uma perspectiva muito impotente de nós mesmos nos impede de atravessar as experiências que precisamos, para que possamos nos transformar com elas.


Em psicologia é sempre válido analisar para além dessa dinâmica o conteúdo desse medo, quais são suas conexões emocionais, derivações, propósito e sua simbologia especificamente, vivendo com isso, nossos processos de ampliação de consciência e amadurecimento psicológico.


#medo #analise #psicologia